27/11/2010

PAPEL DO FARMACÊUTICO 2

    Prosseguindo nosso blog Farmácia em Foco com uma série de postagens referentes ao papel do profissional Farmacêutico na sociedade, Hoje:

FARMACÊUTICO NA ANÁLISE CLÍNICA
     
    Durante sua formação e em sua carreira, o farmacêutico tem conhecimentos aplicados na execução da análise no laboratório e na farmácia comunitária ou comercial, no ato de dispensar o medicamento, quando poderá fazer interpretações dos resultados do exame laboratorial ou análise de alimentos, orientando ao paciente as consequencias do uso do medicamento, adesão ao tratamento e recuperação de sua saúde, realizando assim uma assistência farmacêutica adequada.

     Dentre os conhecimentos importantes desta área, valem destacar: 
- bioquímica básica e clínica;
- hematologia clínica e suas subclasses;
- conhecimento dos líquidos biológicos e derrames cavitários 
- parasitologia básica e clínica;
- micologia básica e clínica;
- citologia e citopatologia;
- biologia molecular, controle interno e externo da qualidade laboratorial;
- fisiologia humana, química analítica e instrumental;
- toxicologia: ocupacional, forense e ambiental. 

    O farmacêutico, quando está no ramo dos laboratórios de análises clínicas, atua na:

   I) Realização de exames toxicológicos, laboratoriais;
 II) Gerenciamento de laboratórios;
III) Assessoria em análises clínicas, pesquisa e extensão;
IV) Garantia e controle de qualidade dos laboratórios de análises clínicas;
  V) Magistério superior;
VI) Planejamento e gestão no setor.

    Vale destacar ainda os Principais exames realizados:


Mirna Gois
Mestranda em Ciências Farmacêuticas
bloginfarmacia@gmail.com

Nenhum comentário: